quarta-feira, 3 de outubro de 2007

Coraline.


“- Nós...poderíamos ser amigos, sabe? - disse Coraline.
- Nós poderíamos ser espécimes raros de uma raça exótica de elefantes africanos dançarinos - respondeu o gato. - Mas nós não somos.
Pelo menos - acrescentou felinamente depois de disparar um rápido olhar para Coraline - eu, não sou.

Coraline suspirou.

- Por favor, qual é seu nome? - perguntou ao gato. - Olha, sou Coraline. Tá?
O gato bocejou lenta e cuidadosamente, revelando uma boca e uma língua de um rosa impressionante.
- Gatos não tem nomes. - disse.
- Não? - perguntou Coraline.
- Não. - respondeu o gato. - Agora, vocês pessoas têm nomes.
Isso é porque vocês não sabem quem vocês são.
Nós sabemos quem somos, portanto não precisamos de nomes.”


Na verdade eu nunca li o livro, mas encontrei essa parte no orkut de alguém e achei tão...tão. *-*
Espero que a imagem seja mesmo do livro, e que essa parte seja mesmo de um livro xD.

3 comentários:

arthurgrezende disse...

Se quiser o meu livro emprestado,sinta se a vontade de pedir Ju!

João Miguel disse...

Obrigado, Ju! Ó uma coincidência: esse foi o livro que eu dei de presente de aniversário pra Tuppy. Neil Gaiman é demais, vamos na estréia de Stardust? *-*

Tuppy disse...

Esse livro é tão legal *-*

Eu li ontem, quando deveria estar estudando História *-*